sexta-feira, 25 de julho de 2014

Polícia Civil recupera carga roubada no Bairro José Walter, em Fortaleza

A polícia chegou até o suspeito por meio de denúncia.
Ele já responde a Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).
Do G1 CE
A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas (DRFVC), conseguiu recuperar na tarde de quinta-feira (24), parte de uma carga que havia sido roubada na quarta-feira (23). Os produtos, a grande maioria eletrodomésticos - como geladeiras e máquinas de lavar roupas - foram levados do Bairro Prefeito José Walter, em Fortaleza.
A parte recuperada foi encontrada em uma residência na Rua Miguel Pereira, ainda no José Walter. O dono do imóvel, um homem de 35, foi preso, autuado em flagrante por receptação e conduzido à DRFVC. Ele já responde a Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por perturbação do sossego.
A polícia chegou até o suspeito por meio de denúncia. De acordo com os policiais, ele confessou a participação no crime e alegou ter guardado o material a pedido de um amigo.

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Agência do BB de Guaramiranga foi Explodida.

 Entre às 02:30 e 03:00hs da madrugada de quinta-feira (24/07/14), o posto do Banco do Brasil do Município de Guaramiranga no Maciço de Baturité foi explodido, foi solicitado reforço policial e composição do FTA 4BPM foi deslocado até o local para da apoio com os Sds, Estevão, Almeida e Fagner.
às informações dão conta que dois bandidos encapuzado fizeram um civil de refém e por duas vezes tentaram explodir o caixa conseguindo na segunda tentativa os mesmos fugiram em um Fiat Punto de cor cinza que foi encontrado incendiado na localidade de Pernambuquinho perto da descida da Pendanga, até o momento nenhuma a polícia não tem informações que leve aos meliantes, o valor roubado não foi divulgado.
Foto: F.M.E.G


Fonte: Canindé Notícias Locais

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Pistoleiros perseguem e matam homem em Russas

'MANO DIÓGENES'
Image-0-Artigo-1665041-1
A vítima foi abordada por homens em uma moto. Os pistoleiros efetuaram vários disparos contra 'Mano Diógenes', que morreu no local
FOTO: REPRODUÇÃO
Um homem foi morto na madrugada de ontem, por volta das 5h30min da manhã de ontem, em Russas (a 160 Km de Fortaleza). Francisco Diógenes Saldanha Filho, 45, o 'Mano Diógenes', que é primo de José Delano Diógenes, conhecido como 'Delaninho', suspeito de executar Idelfonso Maia Cunha, o 'Mainha', trafegava em uma motocicleta nas proximidades da CE-356, próximo ao Sítio Bom Sucesso, quando foi baleado e morto por pistoleiros.
De acordo com informações do titular da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, delegado José Junildson Rodrigues, a vítima iria até uma feira negociar carneiros. Ele estava em uma moto acompanhado de um sobrinho que transitava em outra motocicleta. Ainda na estrada, Diógenes foi abordado por suspeitos que transitavam em uma terceira moto e passaram a efetuar disparos contra a vítima.
O delegado informou que o exame balístico não foi realizado, portanto, não poderia afirmar se os disparos efetuados foram de pistola ou revólver. O sobrinho da vítima foi testemunha do crime.
Os suspeitos ainda perseguiram o parente de 'Mano Diógenes', mas ele conseguiu fugir. Durante depoimento, o rapaz afirmou que as vítimas não utilizavam armas de cano longo e repassou à Polícia Civil que o tio era proprietário de gado e não possuia inimizades. Era um homem reservado e nunca sofreu ameaças de morte. O delegado ressaltou que ainda não é possível revelar detalhes da apuração, mas disse que a Polícia já possui linha de investigação.
Em relação à ligação familiar entre Diógenes Saldanha com o primo José Delano Diógenes, conhecido como 'Delaninho', o delegado disse que não tem informações suficientes que possam revelar se o parentesco seria uma motivação para o crime.
'Mainha'
'Delaninho' foi preso no dia 1º de Junho deste ano em um shopping de Mossoró, no Estado do Rio Grande do Norte. Ele é acusado de ter cometido um homicídio em Russas e seria um dos homens mais procurados no Estado. Segundo fonte do Departamento de Inteligência Policial (DIP), da Polícia Civil, José Delano está sendo investigado como suspeito de ser o autor da morte de 'Mainha'.

13 smartphones com internet são apreendidos em presídios no Ceará

Entre 19 de junho e 17 de julho, 13 smartphones foram apreendidos.
Detentos devem sofrer medidas disciplinares.

 A Secretária de Justiça do Ceará (Sejus-CE) apreendeu 13 smartphones com acesso a internet em unidades prisionais, os aparelhos eram utilizados pelos detentos para realizar postagens em redes sociais, entre outras coisas. O órgão, desde 19 de junho, tem intensificado as vistorias nos presídios do estado por meio da Operação Facebook.
“Nós intensificamos nossas vistorias. Valendo ressaltar que nós já temos uma programação de vistorias que são sistemáticas, que ocorrem regularmente em todo o estado do Ceará. Nesse caso específico, foram intensificados e fomos pontuais no sentido de  buscar apreender os celulares e obviamente enquadrar o preso na indisciplina devida”, disse a Coordenadora do Sistema Penitenciário do Ceará, Socorro Matias.
O uso de aparelhos celulares por detentos em unidades prisionais é comum. Além do acesso a internet, muitos utilizam os aparelhos para aplicar golpes na população. Dados da Sejus-CE mostram que no ano de 2013 foram apreendidos 4.295 telefones celulares nos presídios cearenses. Já nos primeiros seis meses de 2014, foram 1.375 apreensões.
Para a secretaria, a solução para o problema está no uso de equipamentos que bloqueiam o sinal das operadoras de telefone móvel dentro dos presídios. Algumas unidades prisionais do Ceará já testam o equipamento, mas o alcance dos bloqueadores têm ultrapassado os muros das unidades prisionais e atingido bairros vizinhos, prejudicando a população.
“A área de abrangência [dos bloqueadores] é muito maior. Isso não é uma coisa exclusiva do estado do Ceará, na verdade, aconteceu em vários outros lugares”, explicou a coordenadora Socorro Matias. Enquanto a situação com os bloqueadores não é resolvida, a A Operação Facebook segue tentando evitar o uso das redes sociais por parte dos internos, apreendendo smartfones e instaurando procedimento contra estes usuários.
Operação
Confirmada a identificação de um interno em posse de um celular, o Grupo de Apoio Penitenciário (GAP) faz revista pontual naquela cela e o preso é encaminhado para o isolamento, onde poderá receber uma sanção disciplinar que proíbe temporariamente a visitação de familiares. A infração fica também registrada em sua certidão carcerária o que poderá impedir a concessão de benefícios, como progressão de regime ou trabalho externo.
O Governo do Ceará também tem feito novos investimentos para aumentar a segurança nos  presídios. Foram R$ 90 milhões em construção de novas vagas, aquisição de tecnologias (câmeras de vídeo, raquetes, raio x, bodyscanner), aumento no número de agentes penitenciários, e  formalização do Grupo de Apoio Penitenciário para dar apoio a segurança.
De acordo com a coordenadora do sistema prisional cearense, Socorro Matias, “a divulgação do funcionamento dos bodyscanneres serviu também para que as pessoas se conscientizem que não devem levar ilícitos para os presídios, mesmo que escondidos, porque serão flagradas. Isso tem coibido essa prática”. Nas três unidades em que o equipamento funciona, não houve nenhuma tentativa de entrada de aparelhos celulares.
Os aparelhos estão em funcionamento na Casa de Privação Provisória de Liberdade III, na Penitenciária de Pacatuba e Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II). Os bodyscanners também serão implantados na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) II, em Itaitinga, na Unidade Prisional Desembargador Adalberto de Oliveira Barros Leal, em Caucaia, na Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL) IV, em Itaitinga e na Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima (antiga CPPL I), em Itaitinga.

Homem é preso com explosivos e submetralhadora no interior do Ceará

Homem viajava de ônibus de Fortaleza a São Paulo, diz Polícia Rodoviária.
Suspeito também levava celulares e óculos sem notas fiscais.
Do G1 CE
Homem é preso com explosivos em Jaguaribe (Foto: PRF/Divulgação)Homem é preso com explosivos em Jaguaribe (Foto: PRF/Divulgação)
Um homem foi preso com explosivos e uma submetralhadora e explosivo nesta quarta-feira (23) em Jaguaribe, no interior do Ceará. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o homem foi abordado em um ônibus em Jaguaribe quando fazia o tráfego entre Fortaleza e São Paulo.
"Ao realizar a verificação das pessoas e bagagens, a equipe encontrou uma bolsa no bagageiro do ônibus contendo uma submetralhadora e dois carregadores sem munição, além de quatro bananas de dinamite", diz a PRF.
O homem foi levado à Delegacia de Jaguaribe. No mesmo veículo, ainda foi encontrado uma caixa de papelão contendo 5 caixas de Iphone 5S contendo aparelho, e outras cinco vazias. Além disso, também foram encontradas 25 caixas, contendo cada uma 30 unidades de óculos, totalizando aproximadamente 750 óculos sem nota fiscal.
A mercadoria estava sem nota fiscal, apenas com documentação indicando remetente de São Paulo e destinatário em Fortaleza. Todo o material encontrado foi encaminhado à Delegacia Regional de Jaguaribe.

Testemunhas de mortes em abrigo transferidas

TRIPLO HOMICÍDIO EM JUAZEIRO

Os adolescentes que presenciaram as execuções no Centro Socioeducativo foram trazidos à Fortaleza

excução de adolescentes
Bandidos armados de pistola invadiram a unidade em Juazeiro do Norte e executaram os três adolescentes que eram acusados de matarem um comerciante, pai de três policiais militares, durante um assalto na Cidade
FOTO: CÍCERO VALÉRIO
A Justiça determinou a transferência de nove jovens infratores da Região do Cariri que estavam internados no Centro Socioeducativo José Bezerra de Menezes, em Juazeiro do Norte. Cinco dos adolescentes são testemunhas de um triplo homicídio que ocorreu dentro do próprio Centro educativo no último dia 15. Eles foram transferidos para centros socioeducativos de Fortaleza.
O juiz titular da 5ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Fortaleza, Manuel Clístenes de Façanha e Gonçalves, disse que o Centro Socioeducativo de Juazeiro do Norte sofreu uma "espécie de interdição que deve durar cerca de 30 dias". Segundo Clístenes Façanha, durante esse período, conforme decisão do magistrado da Comarca de Juazeiro do Norte, nenhum adolescente infrator poderá ser levado ao abrigo e os que já estão apreendidos também devem ser transferidos.
Oito dias após as execuções que ocorreram dentro da Instituição, o juiz de Juazeiro do Norte entendeu que os cinco jovens que foram testemunhas do caso deveriam ser encaminhados imediatamente para Fortaleza. Os jovens foram ouvidos ainda em Juazeiro e serão distribuídos entre as unidades. Mais 16 adolescentes infratores aguardam transferência para Fortaleza.
Escolta
"Recebemos cinco que deram depoimento a respeito do fato. Eles foram fortemente escoltados. Mas a informação é de que vão vir todos. O juiz acredita que seriam as pessoas que, em tese, correriam mais risco que os outros. Porém estamos superlotados em todos os centros e ainda vamos receber uma demanda razoável do Centro de Juazeiro do Norte, que atende também outros municípios do Cariri", ressalta Clístenes Façanha.
O Juízo da Comarca de Juazeiro do Norte aceitou o pedido do Ministério Público. "Representante do Ministério Público pede providências administrativas. O juiz determina de imediato a transferência de cinco adolescentes para a comarca de Fortaleza. O juiz se abstém de determinar a internação de qualquer outro adolescente pelo prazo de 30 dias e acata todos os pedidos do Ministério Público", diz trecho do documento enviado para a 5ª Vara da Infância.
Os outros quatro jovens que chegaram em Fortaleza não são testemunhas do triplo homicídio, mas foram apreendidos após a decisão do juiz de Juazeiro, então o promotor pediu que fossem encaminhados à Capital cearense.
Quanto à segurança das testemunhas do triplo homicídio nos centros de Fortaleza, o juiz acredita que não existirão problemas quanto a isso. "A estrutura dos centros existentes em Fortaleza é maior do que em Juazeiro do Norte. As informações sobre os locais que eles vão ficar é sigilosa e considero que eles estão mais seguros aqui", explicou o juiz.
Execuções
Leone Caetano Ferreira,17, Jeferson de Sousa Ferreira, 17, e Jonas de Sousa Ferreira, 16, identificados como autores de um latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou o pai de três policiais militares, foram mortos dentro do banheiro do Centro Socioeducativo de Juazeiro do Norte. Bandidos armados de pistola invadiram a unidade e executaram os três. Um dia depois do triplo homicídio, os PMs filhos da vítima do latrocínio negaram participação no caso.
Jéssika Sisnando
Repórter

Detentos são flagrados com celulares, carregador e agenda em Lavras da Mangabeira

CADEIA PÚBLICA


O material apreendido estava em posse de seis detentos

Após desconfiar que alguns detentos estavam projetando uma fuga, o agente penitenciário da Cadeia Pública de Lavras da Mangabeira solicitou a presença da Polícia Militar. Uma composição com cinco PM's de deslocou à cadeia e passou a vistoriar as celas.
Em uma das celas inspecionadas, os policiais encontraram três aparelhos celulares, um carregador universal, uma agenda telefônica e papéis com diversos contatos anotados. 
O material apreendido estava em posse dos detentos Francisco Eudes Gomes Caldas, Erivaldo do Espírito Santo Sampaio, Pedro Sucupira de Oliveira, Vicente Gonçalves Filho, Francisco Serafim de Souza e Paulo Rodrigues dos Santos.
Os objetos foram retidos e estão em posse de delegado local.