sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Quadrilha presa burlava emissão de passaportes

NA POLÍCIA FEDERAL

Grupo preso cobrava para alterar a data do agendamento e agia dentro da própria Delegacia de Imigração

Image-0-Artigo-1788636-1
Esquema funcionava dentro da Delegacia de Polícia de Imigração e era posto em prática por servidores terceirizados da Polícia Federal e despachantes, que cobravam indevidamente valores extras para agendamento
FOTO: NATINHO RODRIGUES
Image-1-Artigo-1788636-1
Alexsandra Oliveira Medeiros, Andréa Karine Assunção, Renato Casarini Muzy e Wellington Santiago da Silva forneceram detalhes da operação
FOTO: JL ROSA
Após cerca de seis meses de investigação, a Polícia Federal desmontou, ontem, um esquema que burlava procedimentos legais para obter a emissão de passaportes na Delegacia de Polícia de Imigração, da própria PF. Dois terceirizados e quatro despachantes foram presos. De acordo com o órgão, cerca de 40 pessoas teriam se beneficiado com os atos do grupo.
Segundo a PF, os despachantes cobravam valores indevidos e inexistentes dos populares para, junto aos terceirizados da Delegacia, agendar datas para os procedimentos de expedição do passaporte conforme o desejo dos cidadãos. Os trabalhos de investigação foram conduzidos pelo Setor de Inteligência da PF, após denúncias.
Ação
De posse das informações, foi deflagrada na manhã de ontem a 'Operação Password', que cumpriu seis mandados de prisão temporária, 12 de busca e apreensão e realizou oito conduções coercitivas. Já no período da tarde, o resultado dos trabalhos foi apresentado em entrevista coletiva, na sede da Polícia Federal, na Avenida Borges de Melo, em Fortaleza.
No encontro com a imprensa, estiveram presentes o superintendente regional da PF Renato Casarini Muzy; o delegado regional de combate ao crime organizado Wellington Santiago da Silva; a chefe da Delegacia de Polícia de Imigração, Alexsandra Oliveira Medeiros; e a chefe do Núcleo de Inteligência Policial, Andréa Karine Assunção.
A chefe de Inteligência, que comandou as investigações, revelou que os valores cobrados pelo grupo variavam de R$ 50 a R$ 300 por cada agendamento.
"Recebemos a denúncia e passamos a acompanhar a ação de despachantes e terceirizados. Verificamos que alguns servidores terceirizados cobravam entre R$ 50 e R$ 100 enquanto os despachantes exigiam o pagamento de R$ 250 a R$ 300 por passaporte. Além do valor legal do documento, os terceirizados cobravam esse dinheiro para fazerem o trabalho para o qual já eram pagos", informou.
Conforme Andréa, as pessoas que pagaram pelo agendamento sabiam que estavam praticando atos corruptos. "Nas investigações, cerca de 40 pessoas teriam pago pelas ações. Essas pessoas sabiam que aquela taxa era ilegal. Por isso, elas serão intimadas e ouvidas e podem responder por corrupção".
As seis pessoas foram presas nas residências onde moram. Foram apreendidos documentos e materiais de informática para dar continuidade às investigações. Outras oito pessoas foram conduzidas à PF, prestaram depoimento e foram liberadas.
Procedimento
A chefe da Delegacia de Polícia de Imigração Alexsandra Oliveira Medeiros destacou que, caso exista necessidade, qualquer cidadão pode solicitar a antecipação do agendamento para emissão do passaporte. Alexsandra destacou que somente a pessoa que irá viajar pode fazer o procedimento de retirada do documento na PF.
"A própria pessoa, comprovando a necessidade de viajar e tendo o agendamento posterior a data de embarque, pode levar a passagem e será atendido. Temos horários específicos durante o dia para estes casos. Emitimos passaportes de urgência em 48 horas e passaportes de emergência em 24 horas", explicou.
Já o superintendente regional da Polícia Federal destacou que, apesar de haver dois terceirizados entre os suspeitos, não foi comprovada a participação de nenhum agende federal concursado no esquema criminoso desvendado na operação.
"Eram servidores terceirizados que agiam em parceria com despachantes, buscando receber dinheiro e vantagens indevidas da população. É um fato lamentável, que acontecia dentro da nossa casa", afirmou.
Muzy fez questão de se desculpar, em nome da PF, por qualquer transtorno que a ação dos suspeitos tenha causado.
"A Polícia Federal pede desculpas a qualquer cidadão que tenha sido ludibriado. A partir de agora, isso não deve mais ocorrer. Todas as taxas aplicadas na emissão do passaporte são fixadas por Lei e recolhidas via Guia de Recolhimento da União, as GRUs", explicou.
Levi de Freitas
Repórter

SESSÃO DA CÂMARA DE MARTINÓPOLE VIRA PANCADARIA E DESTRUIÇÃO

O que estava previsto por alguns aconteceu nesta quinta-feira (29) pela manhã na Câmara de Vereadores de Martinópole. Durante a primeira sessão ordinária do ano, a Vereadora Bruna Roriz, que juntamente com outros 3 colegas, forma a base aliada do Prefeito James Bel, resolveu colocar em votação uma ata que consta que houve uma eleição que garante sua permanência como Presidente do Legislativo. 
Por outro lado, a bancada da oposição, formada pela maioria, 5 vereadores, afirma que a ata foi resultado de uma eleição fraudulenta, já que além de não existir reeleição, a disputa deveria ter sido realizada no primeiro dia do ano de 2015, como ocorreu, dando vitória à Vereadora Rógila Fernandes. Além disso, existe uma ordem judicial que está sendo ignorada pela Vereadora Bruna Roriz, que determina que uma nova eleição seja realizada. 
Ignorando tudo isso, Bruna Roriz, ao tentar aprovar a tal ata que a deixa mais dois anos no poder, favorecendo assim o executivo municipal, mesmo contra uma ordem judicial, os ânimos se acirraram com as duas bancadas batendo boca, até que as bocas não deram mais conta e um grupo de pessoas, segundo a oposição,  formado por seguidores do Prefeito James Bel, invadiram a Câmara Municipal e quebraram todas as cadeiras e mesas em uma batalha que desde já entra para a história da vergonhosa política interiorana deste estado. A partir daí, a força do argumento deu lugar ao argumento da força, com pontapés, socos, e uma quebradeira geral, que não poupou nem as portas do prédio público.  
De acordo com o advogado que representa a bancada da oposição, um dos vereadores deu uma cadeirada na filha de outro vereador, que está grávida de 3 meses. Os feridos foram levados para hospitais de Martinópole e região. O efetivo policial presente não deu conta do destempero dos que, pelo jeito, estavam preparados para invadir a Câmara Municipal caso a ata da bancada da situação não fosse aprovada.
Fonte: Camocim Online

Comando da PM reconhece falhas em estrutura de cargos

“Vamos corrigir daqui pra frente”, garante o novo comandante da Polícia Militar
A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) e o Comando-Geral da Polícia Militar, pensam em estratégias para corrigir erros de promoções dentro da corporação. A informação foi confirmada na tarde desta quinta-feira (29), durante visita do comandante da PM do Estado do Ceará, Coronel Giovani Pinheiro da Silva, ao Grupo Cidade de Comunicação. 
O militar afirmou que participa de reuniões com o novo titular da SSPDS, Delci Teixeira, para verificar como estes erros podem ser corrigidos. “Reconhecemos que houve falhas, mas vamos corrigir daqui pra frente” e acrescentou: “Já discutimos projetos com o secretário Delci Teixeira, sobre isso”.
Sobre o Ronda do Quarteirão, o militar informou que a estrutura permanecerá a mesma. O que retornará, é a política de polícia comunitária. “O Ronda retomará as suas atividades iniciais, desde a sua gênesis. Os policiais farão visitas, dentro do quadrante de responsabilidade de cada viatura”. 
Entretanto, o comandante da PM não quis informar se existe algum projeto de expansão do programa e se limitou a dizer: “Todas as cidades com o batalhão comunitário serão assistidas”. 
Para ampliar a segurança no interior do Ceará, a SSPDS discute com o Comando-Geral da PM, sobre a ampliação do Comando Tático Rural (Cotar). O coronel Pinheiro afirmou que o plano é acrescentar duas equipes, mas ainda se estuda quais municípios receberão o benefício. 
Ao Cnews, o comandante da PM informou que o Governo do Estado do Ceará pensa em realizar um novo concurso para Polícia Militar. De acordo com o militar, ainda não existe um prazo, mas concurso é algo que já se discute com o governador Camilo Santana. “Um novo concurso é algo que está sendo discutido em nível estratégico, em nível de Governo do Estado. Mas, ainda não tem data para isto”, disse. 
O militar informou que ainda este ano, 261 vagas serão preenchidas por selecionados em concurso anterior. 
Coronel Pinheiro assumiu o comando da PM no dia 13 de janeiro deste ano. Ao Cnews, ele informou que pretende atuar nas ruas durante sua gestão. “Estarei com a equipe, gerenciando a administração e cuidando da sociedade cearense”, explicou. 

Policial Tonny Ítalo é sepultado no Ceará com presença do governador

Tonny foi achado dentro de veículo com duas perfurações de bala.
Governador Camilo Santana e secretário Delci Teixeira compareceram.

Do G1 CE
Foi sepultado na tarde desta quinta-feira (29) o policial civil Tonny Ítalo, encontrado com duas perfurações de bala em carro colidido em uma árvore na Avenida Eduardo Girão no sábado (24). Centenas de pessoas estiveram presentes no presentes no cemitério Jardim Metropolitano, entre amigos, familiares e colegas de trabalho. O governador do Ceará, Camilo Santana, e o secretário da Segurança Público, Delci Teixeira, estiveram presentes e prestaram solidariedades à família do policial.
O policial civil foi baleado e bateu o carro em uma árvore na Avenida Eduardo Girão, perto da rotatória da Avenida Aguanambi, no Bairro de Fátima, em Fortaleza, na manhã de sábado (24).
Ele foi encontrado dentro do carro, ferido pelo acidente e por dois tiros, e foi encaminhado para o Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro, pelo Samu, acionado por moradores.
Na noite desta quarta-feira (28), o Instituto Doutor José Frota (IJF) informou a morte do policial civil. A informação foi confirmada após o segundo exame que confirmou a morte encefálica em decorrência dos tiros sofridos.
Segundo o delegado Jairo Façanha Pequeno, diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), o inquérito já está sendo instaurado.  "O inquérito está instaurado. A hipótese mais aceita por nós é que houve uma tentativa de assalto. O caso segue sendo investigado pelo 34º Distrito Policial", relatou o diretor.
  •  
Governador Camilo Santana e o secretário da Segurança Delci Teixeira compareceram ao sepultamento de Tonny Ítalo (Foto: Marcélio Bezerra/TV Verdes Mares)Governador Camilo Santana e o secretário da Segurança Delci Teixeira compareceram ao sepultamento de Tonny Ítalo (Foto: Marcélio Bezerra/TV Verdes Mares)

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Assaltantes roubam loja de celulares na Santos Dumont

A Polícia efetuou disparos contra os assaltantes, que fugiram em um Fiat Uno de cor prata. Ninguém ficou ferido e os suspeitos foram capturados
Um dos assaltantes foi apreendido
Um trio de assaltantes roubou a loja Claro, localizada na avenida Santos Dumont, na manhã desta terça-feira, 27. Os suspeitos levaram objetos do estoque da loja, além de pertences de clientes, e fugiram em direção à rua Visconde de Mauá. Foram ouvidos tiros, mas ninguém ficou ferido. Os suspeitos foram capturados. 
 
Adaptação de fotos: blog NP

Um funcionário da loja, que não quis se identificar, contou ao O POVO que o primeiro suspeito entrou armado no local e anunciou o assalto, por volta das 10h20min. Outras duas pessoas entraram em seguida e renderam as pessoas do local, levando celulares e objetos do estoque. A Polícia Militar foi acionada e efetuou disparos para assustar o grupo, que conseguiu fugir em um carro Fiat Uno de cor prata.

Policiais da viatura 3060 do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur) informaram que os assaltantes não revidaram os tiros. Um adolescente, de idade não divulgada, foi apreendido após o trio abandonar o veículo. Os outros dois continuaram a fuga e pé e foram localizados próximo a Praça Portugal, conforme o PM identificado apenas como Gomes.

Os tiros assustaram as pessoas de edifícios próximos, que ficaram impedidas de sair do locais até que fossem autorizadas pelos seguranças. Uma fonte informou ao O POVO que foram disparados cerca de seis tiros. 

Redação O POVO Online com 
informações do repórter Wagner Mendes

Policiais do FTA motos prendem indivíduos que botavam terror no Alto Novo!

Policiais militares efetuaram a prisão em flagrante de dois indivíduos, portando um revólver calibre 38. A prisão aconteceu na noite desta segunda-feira (26) às 19h30, na Rua Trio Ubajara, bairro Dom José. Os acusados são conhecidos pelas alcunhas de "Lulu" e "Erê", eles botavam terror no Alto Novo. Os presos foram conduzidos à Delegacia Municipal de Polícia Civil, para os procedimentos legais. Os policiais que efetuaram a prisão dos dois indivíduos foram: J. Durval, Mailson e Ênio.


Fonte: Sobral 24 horas c/ Jorge Alves

Mulher é presa por agredir filhos menores de idade

As crianças foram encontradas em estado de abandono
Uma mulher foi presa nesta segunda-feira (26), no município de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza, por maus tratos contra seus dois filhos menores de idade. 
De acordo com a Polícia Militar, o menino de 7 anos e a menina de 4 anos foram encontrados em situação de fome e abandono, após denúncias encaminhadas à PM. 
Na residência, os policiais encontraram um chicote. De acordo com a denúncia anônima, o objeto seria utilizado para agredir as duas crianças. Além disto, a mulher costumava sair para festas e deixar os dois menores sozinhos. 
A mulher, identificada como Patrícia Magalhães dos Santos, foi presa em flagrante. Ela será indiciada por maus-tratos, abandono de incapaz e lesão corporal. 
Patrícia se encontra na Delegacia de Capturas (Decap). Os dois menores foram encaminhados ao Conselho Tutelar do município e em seguida, foram entregues para tias e uma avó. Elas tiveram que assinar um termo de responsabilidade, para assumir a guarda. 
As crianças não apresentavam sinais de agressão e negaram serem espancadas pela mãe.